Como fazer da Crise uma Oportunidade

Tempo de leitura: 4 minutos

“Crise: Temida por muitos, aproveitada por poucos, mas certamente sentida por todos”. Se você concorda com este frase, ou se ela mexe contigo, assista ao vídeo abaixo. É um vídeo de uma série especial, diferente de absolutamente tudo o que já postei até hoje. Assista no player abaixo agora mesmo:

A origem da crise

A origem da maioria das crises é como a queda de uma sequência de dominós. Sempre há um estouro inicial. E muitas vezes, este estouro é o estouro de uma bolha.

Você já ouviu falar da Tulipomania? Em meados do século XVI, esta foi a primeira bolha especulativa já documentada.  Quando as primeiras tulipas chegaram aos países baixos da Europa, muita procura surgiu, afinal, era uma flor muito bonita. A incessante procura favoreceu o aumento dos preços, e este movimento parecia não ter parada. Alguns comerciantes viram nisto uma oportunidade, e teve quem chegou a vender suas  propriedades para investir em bulbos de tulipas. Por volta de 1630, surgiu um mercado de papéis para negociar os bulbos antes mesmo da colheita. Pouco tempo depois, houve uma perda de confiança nestes títulos, e quando começaram a surgir pedidos de resgate, muitos destes negociantes perceberam que estavam falidos. O investimento tinha virado pó.

Uma crise a partir de uma bolha

Este é o exemplo de uma bolha que desencadeou uma crise, mas não é o único! Se formos para um exemplo mais recente, veremos que após um duradouro ciclo de otimismo, veio uma das maiores crises de todos os tempos. Falo da crise de 2008, em que uma bolha no mercado imobiliário dos Estados Unidos irrigou o mercado financeiro de títulos de lastro duvidoso, e novamente, vimos instituições financeiras à beira do Colapso, um importante banco pedindo falência, e muitas, mas muitas pessoas vendo seus investimentos perderem valor.

Sempre que existe uma bolha, é porque uma determinada tendência de consumo, preço ou investimento perdeu a conexão com o lógico, com o real valor. Sensações de segurança, normalidade e conforto são construídas sobre pilares movediços nestes períodos. Sempre que você ouvir alguém dizendo que você deve comprar um imóvel, porque sempre subiu nos últimos 30 anos, ou mesmo comprar uma ação de uma pequena empresa porque subiu 400% em 1 ano… Desconfie! Este é o tipo de situação em que a ganância nos faz literalmente colocar uma bolha no bolso.

Eu não digo com isto que comprar um imóvel ou uma ação seja um mau negócio. Não tem como afirmar ou generalizar isto! O grande problema, que precisa ser combatido, é o hábito de investir por investir. De apostar em uma inércia sem a devida fundamentação, somente a partir de um senso comum. Afinal, o que tem de bom naquele investimento para valer a pena colocar o seu dinheiro nele, além do desempenho histórico que em nada garante o futuro?

Quem faz da crise uma oportunidade?

É no meio deste contexto que quem aquelas pessoas que se preparam ganham destaque. Investidores e traders de alto gabarito, com métodos precisos, claros e dinâmicos para investir no mercado de ações ou qualquer outro mercado com perfeita dimensão de todos os riscos envolvidos…. São estes caras que tomam o controle e surfam a próxima onda. Uma lição que as crises nos dão, é que elas simplesmente não perdoam quem fica parado.

E para concluir

E se de alguma forma esta mensagem fez sentido para você, eu te convido a baixar o meu ebook gratuito, que eu chamei de O Guia definitivo do Investimento na Bolsa. Lá você vai aprender todos os pilares por trás de um investimento de qualidade no mercado de ações, e como fazer para ter o controle de todo o seu processo de seleção de oportunidades. É só clicar no link abaixo e baixar gratuitamente.

investimento bolsa de valores

Clique aqui para baixar o “Guia Definitivo do Investimento em Bolsa”

E para finalizar, eu teria o maior prazer em ver o seu comentário logo abaixo, para tirar dúvidas e pontuar observações adicionais. Assim, poderemos trocar ideias sobre este conteúdo, suas dúvidas e ideias. Este bate papo pode ser base para próximos vídeos. Ah, e não se esqueça de se inscrever no canal do Portal ALOQ no Youtube para ser notificado de cada nova matéria que eu postar.

Eu te vejo no próximo vídeo.