Ser Trader ou seguir um Analista? O dilema do trader!

Tempo de leitura: 8 minutos

Você acompanha algum analista técnico, seja de corretora ou independente? Acompanha alguma sala de trading ao vivo? Assina algum relatório de análise? Caso positivo, no conteúdo de hoje você vai entender como extrair o melhor desta experiência, mas ao mesmo tempo, não ser alienado à realidade do mercado, na tentativa de pular etapas do trading convencional. Caso você ainda não tenha experimentado este tipo de serviço, saberá o que deve ou não buscar ao seguir análises de terceiros. Afinal, o que é melhor: Ser trader ou seguir um analista? Assista ao vídeo de hoje, que aborda em detalhes este tema, no player logo abaixo:

Os analistas técnicos, os relatórios e as salas de trader

Caso você ainda não esteja familiarizado com o tema, este tipo de serviço é oferecido por corretoras e analistas independentes, e consiste em uma espécie de acompanhamento dinâmico das oportunidades de mercado, de acordo com determinado método ou interpretação do analista. Casas de análise mais focadas em operações de maior prazo geralmente utilizam relatórios como instrumento, enquanto nas mais focadas no público trader, é comum encontrarmos recursos como salas de trades ao vivo e calls via SMS.

Antes de descascarmos a cebola, faz total sentido o questionamento: Mas quem são os analistas, que ficam no front acompanhando cada uma das “oportunidades”. Um analista de valores mobiliários é o profissional que detém a certificação CNPI (CNPI-T, no caso de analista técnico, e CNPI-P, para analistas plenos que também abordarão a linha fundamentalista), regulada pela APIMEC, e regulada pela CVM. Para tirar esta certificação, o profissional deve ter curso superior completo e passar nas fases da prova (conteúdo Brasileiro, global e técnico) de certificação. O objetivo da prosa de hoje não é falar sobre esta certificação em si, mas a cito porque é importante que você entenda que é uma profissão regulada, e que eventualmente alguém que a desempenhe sem a devida credencial, está atuando de forma irregular.

Ainda sobre a profissão de analista de valores, há uma informação importante: Por uma clássica questão de conflito de interesse, um analista é impedido de operar os papéis em que está emitindo uma recomendação. Logo, é alguém que emite recomendações, mas não está com seu dinheiro pessoal em jogo, e em muito difere de um trader, portanto. Não falo isto para desmerecer a qualidade de um serviço de análise, de qualquer forma, pelo simples fato de que o analista não opera. Na verdade, para alguém que lida com o público e com dinheiro ao mesmo tempo, é até melhor que a pessoa tenha um olhar mais imparcial. O grande cuidado que devemos tomar é: Muitas vezes, justamente por não ter foco no manejo de posições de um capital real, analistas trabalham com variados métodos e operações simultâneas. Isto pode ser um problema para o trader que não sabe dosar a quantidade de capital destinada a cada trade, e este problema tende a aumentar no momento em que a pessoa percebe que está demasiadamente concentrada em um elevado número de trades que respondem a alguns fatores de risco e sensibilidade em comum.

Antes de mais nada… Eu NÃO sou analista. Sou trader autônomo, e é justamente por isto que meu compartilhamento com você é focado em sacadas, conhecimento e orientação, e não em operações ao vivo e qualquer tipo de especificação de trades. No entanto, admiro muitos analistas, e sei que existe muito a aprender com eles. Mas atenção: Tudo aqui é uma questão de saber o que procurar neste ambiente. Você busca aprender ou seguir?

A falácia do seguidor de análises dos outros

Não é incomum que se escute um trader iniciante se lamentando de ter seguido os calls de um analista e ter perdido dinheiro. Mas, por incrível que pareça, também não é incomum que alguém conte ter tido excelentes resultados com o mesmo analista. Existem alguns motivos óbvios para isto, entre eles:

  1. Às vezes, o seguidor não entra em todos os trades do interlocutor. Muitas vezes, dado o volume de operações simultâneas, isto nem mesmo seria possível, sendo necessário optar por uma linha de método específica ou ativo operado. Isto faz, muitas vezes, com que duas pessoas em uma sala de trades tenham resultados completamente diferentes entre si.
  2. Os tamanhos de posição não são orientação do analista, mas sim uma decisão do trader / investidor. Logo, alguém que tenha noções básicas de manejo de risco saberá definir o número de lotes de forma sustentável para suas operações, enquanto uma pessoa que não entenda tais conceitos poderá, muitas vezes, adotar posições desproporcionais à sua conta e à sua tolerância ao risco.
  3. Muitas vezes o trader, por despreparo técnico, estratégico e de MindSet, até entra em um mesmo trade que o analista, mas assume lucros antes do alvo, ou deixa pular algum STOP. Fato é que acabam se tornando operações absolutamente diferentes entre si.

A combinação destes três itens, em si, já é motivo de insucesso antes mesmo de falarmos sobre a qualidade ou falta de qualidade do método do analista. Logo, caso você siga trades e se encontre em uma destas três situações, cuidado. Você pode estar à beira do precipício e não ter nem percebido a gravidade disto.

Agora, partindo para o lado da qualidade, já ouviu o ditado…

“Na bolsa de valores, o melhor método para alguns certamente será o pior método para outros”

Pois bem, fato é que um método pode ser perfeitamente otimizado, ter potencial de lucros e estabilidade na geração de resultados. No entanto, não será um método infalível, e por isto mesmo precisamos conhecer, as nossas reações às manifestações de perda que acontecerão no meio do caminho.

Vou dar um exemplo: Um método que siga tendências, geralmente terá baixo nível de acerto, mas quando fechar no positivo, o lucro será muito maior do que o de cada perda isolada. Para um trader que está com o mindset alinhado, esta estratégia pode fazer muito sentido, mas para outras pessoas, por mais que a lógica seja expressa, o estresse do baixo nível de acerto ficará à flor da pele.

Existem pessoas que possuem perfil para seguir um analista? Com certeza! Pessoas que tenham um mindset setado na mesma direção do analista, entendam o método nos mínimos detalhes, e saiba tudo sobre manejo de risco, pode se utilizar do analista como um facilitador de identificação, como retaguarda, e como uma espécie de companheiro virtual no dia-a-dia de trades. Infelizmente, esta realidade representa uma minoria esmagadora dos traders individuais.

Como acompanhar do jeito certo?

Discordâncias à parte, um fato inegável é que o analista, por ser alguém que acompanha o mercado em tempo real diariamente, é alguém cuja experiência, mesmo que simulada (não se opera na prática), vale muito! Pessoas que veem gráficos o dia inteiro passam a adquirir uma espécie de “Olhar especial”, ou “Olhar daltônico” como diria o meu amigo Tiago Missaka. Justamente por isto, mesmo que de forma tácita (menos palpável, descrição subjetiva), analistas podem nos ajudar a enxergar determinadas nuanças do mercado de uma forma que seria muito difícil se estivéssemos sozinhos. Há muito a aprender, e em especial nas salas de trade, você ainda pode trocar experiências com os outros participantes.

É por isto que eu afirmo: Como trader, já aprendi MUITO com analistas. E a grande solução para os dilemas apresentados reside aí mesmo! Você deve primeiro entender, para depois aprender, então experimentar e só depois pensar em seguir. Seguindo esta ordem, você saberá separar o joio do trigo, descartará alguém cuja mensagem não compactue com os seus ideais, conhecerá os pilares de um método e então saberá se é adequado ou não para você. Muitas vezes, o método final não te servirá, mas mesmo assim, todos os insights que você ganhará com a experiência, te ajudarão a definir o seu próprio método, de forma muito mais madura já que as vivências de outras pessoas serviram de influência.

Você precisará entender conceitos fundamentais da análise técnica para não se sentir como um extraterrestre em um ambiente como este. Sabe do que mais? Vou te ajudar com relação a isto! Já leu o meu eBook gratuito “O Guia Absolutamente Completo da Análise Técnica”? Lá você aprenderá desde os conceitos básicos da formação de um gráfico de preços, até métodos sofisticados de price action, projeções de preços e indicadores. Se quer aprender mais sobre este mundo, clique no link abaixo para fazer o seu download:

trader análise técnica

Quero baixar o Guia Absolutamente Completo da Análise Técnica

Eu teria prazer em ver seu comentário logo abaixo. Assim, poderemos trocar ideias sobre este conteúdo, suas dúvidas e ideias. Ah, e não se esqueça de se inscrever no canal do Portal ALOQ no Youtube para ser notificado de cada nova matéria que eu postar.

 

Eu te vejo no próximo vídeo.